segunda-feira, 26 de junho de 2017

TOP TOP - JUNHO(2017)

 Confira abaixo os posts que fizeram  de junho uma delícia passada na manteiga.






Se não retirar o lixo, os ratos voltam(Minha vida contada em poesia) : Cuide do lixo antes que você tenha que pausar a vida por vez só pra cuidar de rato. 

Nunca saberei-Poesias e reflexões(em vídeo)-Jesus e eu: Um post que mexeu muito comigo e me fez perguntar como eles reagiriam se eu mostrasse tudo o que a blogueira relatou aqui. Visita obrigatória!!!!

 

Episódio de hoje - Ainda bem que é feio(Querido Deus, obrigado por me exportar) : Nesse episódio você confere a mais recente pérola do marido.

 

Como colocar sua página do facebook no blog( Cretina Literária)- Porque esse tutorial funciona e eu quero que você seja feliz tb! 

 

Mãos Diligentes( Pastor Lucinho) - o poder da perseverança e ética em tudo que se faz. 

 

Jamais se envolva com um homem casado( ResiliênciaMag): Um texto muito lúcido escrito por uma pessoa que viveu os dois lados da moeda( amante e esposa traída).

 

Linda do jeito que é(Remember December): Um texto que precisa ser lido por toda mulher.

 

Tipos de Solidão(Maura de Albanesi): Um post muito interessante que vai chamar a sua atenção.


segunda-feira, 12 de junho de 2017

Solteiro(a) no dia dos namorados- Uma reflexão

FONTE: GOOGLE


Trilha do post: K.D Lang - The Consequences of Falling 

Há 11 anos atrás eu ainda lembro da expressão de surpresa no rosto dela:

"Ué, faltando 1 semana para o dia dos namorados, você terminou com ele e ficou sozinha?"

Eu respondi: Há 6 meses estou sozinha. Uma pena que levou esse tempo inteiro para notar que ele tinha um relacionamento, mas eu não. 


FONTE:GOOGLE


Foi aí onde eu vi como as pessoas dão mais valor a ter algo para mostrar e estar em um relacionamento disfuncional do que em estar em um relacionamento consigo mesmas. Elas esperam que o outro dê aquilo que elas têm preguiça de buscarem para si: respeito, amor, afeição, carinho, doçura

Porque se amar dá trabalho. Se amar requer tempo. Planejamento. É mais fácil ir para aquela festa ou evento( que você não tá a fim de ir) só para não ficar em casa sem fazer nada. Só para preencher o tempo. Porque é fácil cair na armadilha de se medir pelos outros. 

Por que você tem tanto medo de ficar sozinho em casa, sem fazer nada,  numa noite de sexta feira? 

Por que você tem que se "atolar de coisa" para fazer a vida interessante?  

A sua vida só é interessante se você for, mas quando você não se conhece, você  cai na armadilha da comparação: todos são mais bonitos, mais ricos, mais cultos, mais engraçados, mais divertidos, mais gostosos, mais populares e muito melhores do que você.


 Naquele ano eu vi que eu perdi 6 meses da minha gastando dinheiro com ligações internacionais, o que eu poderia ter gastado para viajar ou fazer coisas bacanas que sempre quis. Quando a gente não se conhece, a gente está sempre com fome( carente).





Naquele ano eu decidi que todo "12 de junho" seria mais uma data em que eu ia escolher adquirir algo da minha wishlist, porque antes de ser namorada, eu sempre fui Gisley. Porque eu deveria juntar dinheiro para comprar algo legal pra outra pessoa e não fazer o mesmo  comigo só porque estava solteira?

Porque quando você se dá o que merece, a migalha dada pelos outros  perde o tesão. Quando você se dá tudo do bom e do melhor, mesmo estando solteiro(a), você só aceita tratamento vip para cima. Que hoje você faça aquela planejamento para você mesmo(a). Marque um esquema com você mesmo, saia para se celebrar, com tudo que tem direito.

Naquele 12 de junho, andando pelo shopping, sentindo o aroma do café e o toque dos livros novos, eu sorri por dentro. Nada se comparava a estar em paz comigo mesma  e descobrir que antes de qualquer coisa, o homem da minha vida, na verdade, era eu.

sexta-feira, 9 de junho de 2017

Episódio de hoje: Ainda bem que é feio

Recentemente descobri um dos grandes talentos americanos entre a meninada: o cantor Jon Bellion.

 Ele manda a real, não é fã de Hollywood. Suas músicas me passam a idéia de estar sentada, tomando um café com ele, enquanto ele conta as histórias de sua vida. Fui apresentada à ele pelo grings(  até parece que foi pessoalmente) e gostei muito do estilo dele, principalmente a música Carry Your Throne que é sobre monogamia picante. Depois que ouvi a música, eu fiquei ui, Geeeeentchiiiiiiiiiiiiiiii !!!!! 

Muito bem. Marido falando nele o tempo inteiro, sendo que eu nunca tinha visto ele na TV ou no youtube( também nunca procurei kkkkkkkkkk!) embora tenha escutado a música dele na rádio. Aí eu vou no google e jogo o nome dele. Mostro pro marido. 

Segue diálogo

G: Esse aqui, é ele?
M: Sim, é ele! Clica aí! 

G: Como é que uma pessoa que tem tanto dinheiro tem um cabelo que parece ninho de passarinho meu Deus? Não entendo isso. 
M: Que bom que parece um ninho de passarinho!

G: Como assim, grings? Você teria o cabelo dele se você tivesse o dinheiro dele???
M: Não, mas ainda bem que você não gostou do cabelo dele.

G: Eu também não gostei de barba, valha meu Pai, não, parece que ele se perdeu na floresta, aí não tinha Prestobarba. Porque você tá dizendo ainda bem?
M: Porque se ele tivesse cabelo bonito e barba também, você ia xonar nele. 

G: valha meu pai, como assim????
M: Já basta o Super Homem e o Capitão América, Jon Bellion também,não né?
 

Eu escrevo essas coisas, porque se eu só contar, ninguém acredita. 

A minha cara quando eu ouço essas coisas. 

 

 
 
 


 

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...